23/12/2014

Portugal e a "utopia" da sociedade em que insistimos em viver

Vivemos numa espécie de sociedade avessa aos factos e completamente desfasada da realidade, que também insistimos em negar, individual e colectivamente.
Baseamos, as nossas vidas em sociedade e assim forjamos o nosso futuro, não assente em factos, e tão somente damos crédito a narrativas, histórias e argumentações, por mais inverossímeis que nos possam parecer. Nem ousamos sequer pensar criticamente, sobre o que gostamos sempre nos digam.
(Olá amigos do "politico" José Sócrates !!! )...

Desta forma não nos poderemos pois admirar, da ruína a que conduzimos invariavelmente a sociedade em que vivemos e de estarmos a construir um futuro, para nós e nossos filhos, sempre suportados na mentira, e apenas pela simples razão de que não gostamos de ouvir as verdades nem os factos.
A mentira é sempre mais fácil e cómoda de aceitar, mas acreditem - uma sociedade assente quase sempre na mentira (e a mais torpe) é uma sociedade condenada ao fracasso, e até à sua própria destruição.

Será que é pedir muito, de que todos passemos a exigir factos em vez de argumentos, a fazer e exigir que se faça em vez de se dizer ou aceitar o que os outros nos dizem, sem pensarmos sequer ??

Estes são os meus votos de um Novo Ano de 2015, contando com cidadãos que ousem começar a pensar criticamente e também (em minha opinião) o único caminho para que Portugal ainda possa vir a ter futuro.

Boas Festas para todos!

FGonçalves "In" 23Dec2014

(francis.goncalves@gmail.com)

Até hoje o principio de Murphy é infelizmente a única realidade da sociedade insana em que insistimos e nos deixamos (des) governar :

"A democracia consiste em escolhermos os nossos ditadores, depois de nos dizerem o que achamos queremos ouvir" ..

04/12/2014

Ainda o caso do ex-primeiro ministro José Sócrates

Perante tanta opinião e tanta turbulência com a detenção do ex-primeiro ministro eu atrevo-me a perguntar aos cidadãos deste país :
Terá sido preso apenas porque foi encontrado a dar "milho aos pombos " no jardim do marquês??
Este país é surreal.. gritam-se atropelos à liberdade de Sócrates... mas nunca ouvi esta gente defender os milhares de acusados de crimes idênticos ou de penalização muito menor, apenas porque são cidadãos comuns.
Eu sei que vivemos na sociedade dominada pelos media e denominada de medianizada ( eu diria antes mediocratizada ) e de facto a democracia é apenas isto mediatização e mediocratização. Aos deuses tudo, aos cidadãos comuns nada ou seja a pura escravidão.
E a tal ponto esta mediatização se especializou, que os escravos deste sistema são os primeiros a apoiar a sua própria escravidão e menoridade (intelectual) e física. É pois este o estado a que chegámos, por entre uma população que se diz a “mais bem preparada de sempre “ !!
Será esta a democracia e o país de uma justiça igual para todos ? Não é certamente até porque um cidadão comum preso, não tem qualquer hipótese (nem igualdade de direitos) perante a lei, porque simplesmente não tem, a maioria deste povo sequer dinheiro para comer, quanto mais para pagar a sua defesa com advogados e uma justiça cara e complexa. E diga-se também em abono da verdade, propositadamente cara e complexa, para que os fortes se defendam sempre dos fracos.
Como diria Vergílio Ferreira, "Será isto a democracia ?? E eu pergunto também - " E será isto a liberdade e a igualdade de que hoje, quer pelos media, quer pelos cidadãos, tanto se propala aos sete ventos ??
Ou apenas tão somente todos nós estamos a defender ( e pedi-las ) que "somos todos iguais mas há alguns que são mais iguais que os outros ??! “..
Então, certamente teremos chegado finalmente à plenitude de uma civilização do triunfo dos porcos, ou das bestas, como queiram!

Francisco Gonçalves

01/12/2014

Um país cartelizado e com máfias ao velho estilo da máfia siciliana!

O preço do crude está actualmente a níveis baixíssimos (abaixo do 70 dólares ) e nós por cá ?? Pagamos o combustível como se o crude estivesse acima de 120 dólares !!

Será que ninguém se interroga e se indigna com mais este roubo e esta impunidade económica, própria, não de uma mercado e economia de livre concorrência, mas de puros e duros MONOPÓLIOS E CARTÉIS,  só à altura de poderes oligárquicos medievais!

Foi você que criticou a antiga URSS e os países comunistas de concentração da economia nas mãos do estado ?? Então você também é culpado pelo estado a que chegámos !

Sim, porque pior que o poder económico e os bens de produção, se é que lhe podemos chamar isso na actualidade, estarem concentrados nas mãos do estado,  é estarem todos nas mãos dos criminosos amigos dos governantes e donos disto tudo!
E ainda mais grave é quando os vorazes e predadores gestores públicos e privados destroem as empresas e abrem enormes buracos financeiros, os prejuízos são sempre suportados por este pobre povo. Ou seja "privatarizam-se os lucros e socializam-se os prejuízos" ..
Querem exemplos ? PT, BANIF, BES, BCP, BPN, CGD .... (..).. e não irá ficar por aqui...

"Para o triunfo do mal basta que os bons fiquem de braços cruzados." [Edmund Burke].

Francisco Gonçalves

( francis.goncalves@gmail.com )

Translate