Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2013

Porque somos o melhor povo do mundo !?

Imagem
Para que se entenda porque classifico este sistema de governação autocrático e de plutocratas e párias, de "salazarento" deixo para reflexão uma frase de um conhecido e distinto filosofo e politico do séc passado, o Marquês de Maricá que disse "até há povos que conseguem ser razoávelmente felizes, quando são GOVERNADOS POR UM SÓ DITADOR". De facto há uma razão objectiva para nos classificarem como o “melhor povo do mundo”, em minha opinião, e que tem a ver com um facto que é  no entanto bem humano, mas que nos leva a esta passividade letal -  a nossa mente mente-nos... é muito mentirosa.. e nós nem duvidamos dela! Não basta ser e estar bem informado e politizado (veja-se o “case study” dos comunistas portugueses)! É preciso ter espírito critico e exercê-lo todos os dias e sobretudo começarmos por duvidar em primeiro lugar das nossas próprias ideias e crenças... algo que infelizmente muito poucos portugueses praticam... Francisco Gonçalves “in” 22Dec2013

(francis.goncalv…

O “país do burro” e dos muitos burros que estão a virar asnos!

Imagem
Muito triste este país amoral e criminosamente injusto, e onde a própria justiça, ou tem medo ou foi já comprada pelos muitos grupos económicos que dominam esta pobre terra, e dela fazem os seus "mercados", constituindo assim os cidadãos em meros escravos.

Demasiado duras as minhas palavras? Ou a realidade objectiva de quem não a quer ver e continua a esconder-se atrás de mentiras e inverdades convenientes e sobretudo cómodas?

Mas até quando tal vai ser possível é a questão!

Pois num país onde mais de 55% dos portugueses vivem hoje na beira da pobreza e gravitam na órbita dos impérios das caridadezinhas fascistas, que se anunciam e insinuam ignóbilmente nas rádios, TV e nos média em geral.
De facto, confirma-se que a pobreza é um grande negócio e este é o estado putrefacto a que chegámos, mas com um povo submisso e que ainda apoia e vai votar neste ditadores todos! E confirma-se também que "um povo assim está a ser ele próprio o instrumentos CEGO da sua DESTRUIÇÃO". Viv…

O medo de ser português e de existir

Imagem
Hoje, ontem e desde sempre vivemos num país mergulhado nas trevas e onde o medo tolhe tudo e todos !
O estado a que chegámos e a imobilidade de sempre desde povo é sobretudo porque este é medroso e incapaz de se unir, rompendo com as densas trevas em que está envolto e tolhido por uma cultura do medo que lhe foi instilada pelo próprio sistema educativo! E eles, o poder reinante, sempre se governaram apenas a si próprios, em função da velha máxima do "dividir para reinar" e de uma sociedade mantida envolta num manto de medo e que
não para de incutir  o "medo do medo" ! De facto como dizia Mia Couto, há gente que tem "medo que o medo acabe", porque quando chegar esse dia os Vasconcelos deste país serão finalmente arremessados pelas janelas, e o país talvez ainda possa conter uma réstia de esperança, de finalmente vir a ser uma democracia séria e comprometida com aqueles que deve servir e que são os legítimos detentores do poder, o povo de Portugal! Francisco …

Os defeitos e as qualidades vistas por cada um de nós, seres erráticos e errantes!

Imagem
Um dos grandes problemas da humanidade é o de de sempre querer dividir o seu próximo e as coisas, em qualidades e defeitos e sempre julgando em função desta psicose, agigantada pela moral cristã! 

Talvez valha a pena passarmos a julgar menos, a apreciar mais as pessoas e as coisas e sobretudo aprender a entender que tudo o que nos é dados perceber pelo nosso “self” é relativo e relativizável, e portanto as pessoas e as coisas só podem ter apenas características!

Aprendamos pois a "usufruir" e fruir das características de cada um, e entre todos, e o mundo passará a ser algo bem melhor e mais "curtido" para todos.
É uma contradição apontar defeitos e qualidades nos outros, na perspectiva de cada um de nós, seres erráticos e errantes!
Que esta seja também uma época de reflexão para todos nós, que com as nossas atitudes diárias simples, temos o poder de “mudar” o país e o mundo, tornando-os locais um pouco mais “habitáveis” e fraternos!

Para todos um Bom Natal e Festas Feli…

Um Portugal parado no tempo e desde sempre !

Um Portugal parado no tempo e tal como na era de Salazar, fora do tempo e do modo! 

Afinal não era só o "botas" que era um bota de elástico, mas confirma-se que os portugueses
todos são uns grandes "botas" ... de elástico também...

Assim estão bem uns para os outros e ninguém se pode queixar... Como concluiu Voltaire em "O Cândido", afinal "tudo vai pelo melhor no melhor dos mundos possíveis"...

Isto é de facto Portugal e os portugueses são quem faz de Portugal isto! 

Somos todos culpados.. disto!


E cito uma verdade inconveniente que li algures e que pode ajudar-nos a reflectir sobre porque somos o que somos : "a sociedade prefere sempre os que falam bem e agem mal e condena com rapidez todos os que falam mal e agem bem".
FGonçalves “in” 13Dec2013

"Não há pensamento onde não há liberdade. Os nossos oito séculos de opressão e de intolerância deram isto: um povo cujos intelectuais raciocinam sempre a fazer figas."

Miguel Torga

Os Pobres dos nossos Ricos, por Mia Couto in "Savana"

Rico é quem possui meios de produção. Rico é quem gera dinheiro» dá emprego. Endinheirado é quem simplesmente tem dinheiro. Ou que pensa que tem. Porque, na realidade, o dinheiro é que o tem a ele. A verdade é esta: são demasiado pobres os nossos “ricos”. Aquilo que têm, não detêm. Pior, aquilo que exibem como seu, é propriedade de outros. É produto de roubo e de negociatas. Não podem, porém, estes nossos endinheirados usufruir em tranquilidade de tudo quanto roubaram. Vivem na obsessão de poderem ser roubados. 
Necessitariam de forças policiais à altura. Mas forças policiais à altura acabariam por os lançar a eles próprios na cadeia. Necessitariam de uma ordem social em que houvesse poucas razões para a criminalidade. Mas se eles enriqueceram foi graças a essa mesma desordem.
O maior sonho dos nossos novos-ricos é, afinal, muito pequenito: um carro de luxo, umas efémeras cintilâncias. Mas a luxuosa viatura não pode sonhar muito, sacudida pelos buracos das avenidas. O Mercedes e o BM…

Que economia e sobretudo que futuro para Portugal ?

Imagem
Qual economia, qual recuperação, qual revitalização das empresas! E sobretudo que futuro para Portugal ?? Será que ninguém explica a estes economistas, políticos e governantes medíocres e sem vergonha, o que significa a palavra moeda (dinheiro), em inglês "currency", que implicitamente quer dizer... fluir... circular... ??!! Pois se o dinheiro fica sempre entrincheirado nas mãos de meia dúzia de avaros e agiotas deste pobre país, e estes o põem sempre a salvo...em fantásticos "colchões” de offshores, sobretudo durante as crises económicas, e quando este é precisamente mais necessário na economia e posto a circular… Do dicionário : currency-substantivo moeda - currency, coin, gold / dinheiro - money, currency, dough, gold, penny, purse moeda corrente - currency / circulação - circulation, running, currency, march curso - course, progress, current, class, process, currency / papel moeda -paper money, paper currency, currency, paper, money, bank paper.. .. portanto não o deixam c…