03/07/2015

A “democracia” em que desembocámos !

Esta democracia está em "loop” e culminou num eterno "catch-22". Para sair desta ardil só há uma solução:
A abdicação compulsiva deste sistema politico corrupto, obsoleto e totalmente caduco.
Este é só já o problema de Portugal, e não mais faz parte da solução para a situação de “bancarrota permanente” em que nos fizeram cair ardilosa e criminosamente.

Citando "O processo democrático assenta no pressuposto de que os cidadãos (a maioria deles, pelo menos) é capaz de reconhecer o melhor candidato político , ou uma ideia melhor política,quando a vêem. ...(..).. sem discernimento sobre as habilidades dos outros como a nós mesmos. "Na medida em que você é incompetente, você é um mau juiz de incompetência em outras pessoas", disse Dunning. (..).. A razão para esta desconexão é simples: "Se você tem lacunas em seu conhecimento em uma determinada área, então você não está em posição de avaliar as suas próprias lacunas ou as lacunas dos outros", disse Dunning. - (..).. 
O mais incompetente entre nós serve como canários na mina de carvão, significando um maior dilema no conceito de democracia, as pessoas realmente ignorantes podem ser os piores juízes de candidatos e ideias, Dunning disse, mas todos nós sofremos de um grau de cegueira decorrente da nossa falta pessoal de especialização. "

A mediocridade actual tem um nome e esse é incompetência maior dos nossos actuais sistemas de ensino, desajustados e obsoletos.

FGonçalves “in” July2015.

"A Assembleia da República é hoje a Câmara dos Horrores !"
"No local onde deviam estar os eleitos do povo estão deputados que acumulam a sua função com a de administrador, director, consultor ou até advogado nas empresas privadas com grandes negócios com o Estado."
[Prof. Paulo Morais]
Enviar um comentário

Translate