06/07/2012

Portugal na "corda-bamba" e o desastre que ninguém quer ver nem ouvir sequer !

Esta Europa de configuração e submissão apenas ao poderio económico, não serve os interesses nacionais!

Eu sei que a verdade é sempre a ultima coisa que o ser humano quer ver, porque acha que vai contra as suas ideologias e crenças mais interiorizadas e até dadas como adquiridas. Por isso as sociedades cometem erros abomináveis, que as gerações futuras pagam sempre com juros altíssimos.

 Por isso mesmo, em minha modesta opinião, Portugal devia, de forma estratégica, estar a pensar em sair do Euro de forma gradual, assumindo assim o protagonismo e a decisão de um futuro que augure melhores dias para Portugal e os portugueses! E sobretudo não continuar a deixar que o nosso futuro fique dependente de interesses estrangeiros, e de povos, que não têm nenhuma afinidade com o nosso País, que não sejam meros interesses comerciais.
E rapidamente, antes que seja tarde e aconteça o que já está escrito nas estrelas, de o euro entrar em colapso, ou na melhor das hipóteses (mas má para nós!) de ser Portugal obrigado a sair da Zona Euro!

O que atrás preconizo seria equivaleria a pensarmos estrategicamente e precavermo-nos no presente, para que o futuro não nos traga surpresas maiores e sempre numa onda de mais miséria e pobreza, ao  invés do progresso e do crescimentos que todos nós portugueses merecemos e almejamos, nem que seja apenas para os nossos descendentes, no mínimo !

Francisco Gonçalves in “Notas Sotas”,  07June2012
(Francis.Goncalves@Gmail.com)

Artigos relacionados:



Enviar um comentário

Translate