29/09/2014

A ignomínia de uma nação nas mãos de mercenários e agiotas

Estes partidos e esta governação criminosa do país, têm inspiração estalinista e o seu modo de governar um formato de "sovietização" do regime e do país, como nunca foi visto nem mesmo na antiga URSS!

Só esta imensa burla que são os bancos e os prejuízos de milhares de milhões de euros que estão a ser suportados pelos contribuintes, e ainda por cima enganando-os, dizendo-lhes que "andaram a viver acima das suas possibilidades", é uma ignomínia que nem a mais pérfida ditadura à face da terra alguma vez tentou desta forma sob a capa de uma "democracia".

Os regimes comunistas estatizavam supostamente os lucros privados, colocando-os supostamente ao serviço da nação (ou de uma classe de párias).
Mas este sistema politico abjecto que nos destrói e desgoverna, vai mais longe e nacionaliza sempre os prejuízos privados e "privatariza" os lucros públicos, ou seja não passam de um bando de criminosos ao serviço de um classe de agiotas sem pátria nem vergonha.

Ou querem mais provas do que acabo de afirmar? Basta que analisem os prejuízos de + 900 milhões da CGD e BPI (aguenta.. ai que aguentam), os ( ++++ ) 5.000 milhões do BES, os mais de mil milhões injectados no BANIF e os mais de 9 mil milhões "torrados" no BPN, BPP, BCP, BPI....

... e concluam quem ANDA A VIVER ACIMA DAS SUAS POSSIBILIDADES!!
e quem vai continuar a suportar estes sorvedouros de dinheiro dos contribuintes e sobretudo dos cidadãos mais pobres e na rota da miséria mais vil ?
"Ter escravos não é nada, mas o que se torna intolerável é ter escravos chamando-lhes cidadãos."
[Diderot , Denis]
Ou como disse Miguel Torga :

"Agora,
o remédio é partir discretamente,
sem palavras,
sem lágrimas,
sem gestos.
De que servem lamentos e protestos,
contra o destino?"

FG. 17Feb2014
Enviar um comentário

Translate