22/09/2014

O estado idiotizador e os cidadãos genéticamente inamoviveis

"Os homens fazem a sua própria história, mas não o fazem como querem... a tradição de todas as gerações mortas oprime como um pesadelo o cérebro dos vivos."




Ou seja Karl Marx queria dizer que os vivos continuam a pensar pelo "códigos dos mortos" e a repetir sempre os erros do passado..
e quanto a mudar alguma coisa .. nem mortos !!


Continuamos a ser comandados por uma programação genética de séculos (o tal "código dos mortos"), e agimos tal qual "robots", sem sequer o percebermos e menos ainda o admitirmos.


Temos um cérebro dotado de uma consciência e um pensamento lógico, mas nem sequer o usamos e normalmente deixamo-lo como novo, porque nunca o usámos ao longo da vida.


O "código dos mortos" é pois aquele código herdado genéticamente (entrincheirado por aquilo a que a neurociência designa por marcadores somáticos), e que os nossos cérebros executam sem que pestanejemos, tal qual um robot obedecendo estritamente ao código de quem o programou.


E o sistema educativo ( que não passa de uma "conspiração disfarçada para nos manter escravos pela mente" ), faz bem o seu trabalho de assegurar que todo um povo se mantém idiotizado e geneticamente inamovível, tudo isto garantido por um estado IDIOTIZADOR que prevalece pelos séculos e séculos amem!!


O estado idiotizador em 10 passos explicado em 10 passos.


E a propósito cito uma verdade inconveniente que li algures e que pode ajudar-nos a reflectir sobre porque somos o que somos :

"a sociedade prefere sempre os que falam bem e agem mal e condena com rapidez todos os que falam mal e agem bem".

Francisco Gonçalves “in” Notas Soltas
Enviar um comentário

Translate