06/04/2011

Os políticos portugueses, a sua inexperiência na vida e nos negócios e os fazedores de MBA´s

O grande problema da classe politica deste país em geral, e ao longo destes 37 anos de democracia, é principalmente a sua completa inexperiência no campo empresarial e de negócios. Não fazem a minha ideia de como funciona o mundo real, a sociedade e nem sequer o que é uma empresa ou como se desenvolvem os negócios e a economia, a não ser nalguns casos, através de conhecimentos puramente teóricos, que lhes foram também, na universidade, impingidos por outros tantos teóricos, e conceituados técnicos de ideais gerais. Os seja somos governados por uma classe de especialistas que aqui denomino por TIG´s.


E sobre aqueles que dizem ou julgam ter experiência empresarial, o que na realidade tem acontecido, na sua grande maioria, é que devido aos seus bons relacionamentos com os grupos e "ajuntamentos" que dominam por completo a sociedade portuguesa e a mantêm mesmo refém, logo através desses mesmos "conhecimentos" e das mais variadas ligações politicas e empresariais, vão parar direitinho a lugares de administradores e até presidentes de conselhos de administração de empresas pública e privadas. Pasme-se então o comum cidadão, mas esta é a verdade nua e crua!


Aliás para confirmar isto basta constatar as recentes habilidades (não habilitações!) dos chamados boys (neste caso do PS) que ascenderam directamente, em viagens "non-stop", aos mais altos graus da hieraquia da PT, e enquanto o diabo "esfrega um olho"! Não vos quero maçar com mais exemplos, mas através de uma pesquisa à Web decerto encontrarão pelo menos mais umas boa dezenas destes fascinantes exemplos de sucesso instântâneo, do tipo "pudim boca doce"!!


E esta experiência ou incursão na vida real é efectivamente muito curta ou sem qualquer valor. Não se nasce administrador de empresas, nem nenhum curso ou MBA, nunca alguma vez na vida preparou ninguém para sair da Universidade e ir ocupar, em voo ascencional directo, um lugar de Administrador uma Empresa.


Muito embora nos finais dos anos 90 se tenha, a nível mundial incutido essa crença, mas fruto do poder de marketing das Universidades (principalmente americanas e inglesas) que na sua avidez em venderem MBA a preços exorbitantes ao mundo inteiro, tendo-se as mesmas tornado numa autêntica indústria de produção de gestores, todos ufanos dos seus MBA´s conseguidos à custa de alguma milhares de Euros e ainda mais (in) conscientes dos seu poderes mágicos de gestão e da certeza do seu sucesso nos negócios. O que o poder do marketing, a avidez do dinheiro e a gnância pelo poder a todo o custo, não conseguem!!


Eu pessoalmente passei, nos finais das décadas de 70, toda a década de 80 e inicios de 90, por três multinacionais de sistemas de informação e os Directores e Administradores (quer em Portugal, Reino Unido, Holanda e mesmo nos EUA) que conheci pessoalmente, eram sempre (sem nenhuma excepção) quadros que passaram antes, ou pelos campos técnicos ou de vendas, tendo primeiro desempenhado várias funções intermédias. E nessa altura os negócios e as empresas prosperaram como nunca e inovarm a uma velocidade numa antes vista, sem que tenham lançado a economia em crise ou tenham provocado sequer a mínima turbulência no mercado mundial.


E para firmar o que acabo de referir, também fruto da minha experiência profissional, deixo a seguinte citação de um velho provérbio chinês, mas que encerra grande sabedoria para as nações e as empresas de hoje " Pode-se ser culto através do conhecimentos dos outros, mas só se poderá adquirir verdadeira sabedoria através da própria experiência".


E isto que acabo de referir é tão verdade como o têm provado os recentes "flops" em todo o mundo quando começaram, nomeadamente a partir da década de 2000, a ir apenas buscar os mais conceituados MBA´s das universidades, directamente para a gestão das principais empresas industriais e financeiras. E salvaram-se as que não aderiram à moda por curioso que até possa parecer!!


O resultado desastroso desta "moda" não preciso de vos o citar, pois ainda hoje o mundo inteiro vive a recuperar do tremendo trambolhão que estes mágicos da gestão deram à economia mundial. E em Portugal ainda nem sequer nos demos conta do que um bom MBA pode fazer por uma empresa !


Como tal, por último, e apenas para que percebam o que acbo de referir, recomendo a leitura de um livro de gestão que ilustra bem o actual paradigma da gestão em Portugal : "Como Destruir Uma Empresa em 12 Meses... ou Menos!" cujo autor é de Luís Castañeda! ( http://www.wook.pt/ficha/como-destruir-uma-empresa-em-12-meses-ou-menos/a/id/187735).


Francisco Gonçalves.

francis.goncalves@gmail.com

In 05 April 2011

Enviar um comentário

Translate