05/05/2011

A Transição da mediocridade para a Excelência !

Tanto a "cultura" do pecado como a mediocridade têm o mesmo objectivo, já que ambos procuram limitá-lo como pessoa, tanto no seu nível operacional como no seu potencial máximo.

A mediocridade representa metade do seu potencial ou seja o meio caminho relativamente a atingir a excelência.

Se você se revelar ignorante relativamente ao verdadeiro propósito, então pode operar na mediocridade e sentir-se confortável, ou até ficar plenamente satisfeito com suas realizações. E aí estará na mediocridade e operando a meio do seu potencial, perdendo imensas oportunidades de realização e concretizações na sua vida.


Diria que estará no mínimo desperdiçando metade da sua vida, ignorando uma parte importante da vida que poderia viver mais intensamente!

Ao estabelecermos um objectivo, este oferece-nos uma perspectiva clara sobre o nosso caminho que desejamos percorrer ao longo da nossa vida, mas ao invés, quando o propósito não é conhecido, a mediocridade instala-se e é inevitável a sua ocorrência, limitando o nosso crescimentos como pessoas, remetendo-nos para o conformismo e uma zona de conforto onde nada de novo acontece, a não ser a "mesmice".


Todos nós fomos criados com um propósito, e para um propósito, e quando identificamos o nosso propósito na vida, tornamo-nos conscientes do potencial ilimitado que todos nós possuímos. E quando descobrimos o propósito da vida, deparamo-nos com a atitude que devemos afirmar perante o mundo, e a descoberta desta instila-nos a coragem e a determinação para lutar pelo nosso objectivo e pela sua concretização. E aí estaremos operando ao nível do potencial ilimitado de que fomos dotados pela mãe natureza, onde todas as realizações são possíveis e os sonhos, tal como a felicidade, muito mais próximos de alcançar.


A transição da mediocridade para a excelência está exclusivamente dependente da descoberta de um propósito para a nossa vida. A Excelência é derivada da palavra excelente, o que significa ser de primeira classe ou poder mesmo ser o melhor de sua espécie. Excelente é derivado da palavra excel, o que significa superar ou superar-se a si mesmo. A excelência não pressupõe a competição com nada nem com ninguém, mas sim o sabermos desafiar-mo-nos a nós próprios, no sentido de nos superarmos, e aí estaremos no caminho de atingir a Excelência.


A busca de todos os seres humanos é comum, pois todos nós estamos a tentar encontrar a resposta para nossa existência e a descoberta do nosso propósito de vida, e como tal se enveredarmos por essa procura activa, dentro de nós próprios, esta acabará por nos revelar que a verdadeira realização só pode ser alcançada através da identificação desse mesmo propósito da vida, e só após esta descoberta podemos então encetar nas nossas vidas a verdadeira transição da mediocridade para excelência.


E sobretudo o compromisso com a excelência não é um fim em si, porque esta é também algo que nunca está completa, e sim apenas uma parte do que já conseguiu alcançar, e por isso ela também representa uma procura constante, manifestando-lhe uma insatisfação constante, buscando sempre superar-se mais e mais, alçando sempre voos mais altos e conquistando novos horizontes.


Aí sim, a Excelência estará puxando por si e instando-o a explorar o seu máximo potencial !


(Nota baseada numa apresentação de Rev. Dr. Claude Hibbert (c) )


Por Francisco Gonçalves

04 May 2011

Francis.Goncalves@gmail.com


Enviar um comentário

Translate