02/01/2014

O meu país sem culpa e de sempre mergulhado em densas trevas

Hoje, ontem e desde sempre vivemos num país mergulhado nas trevas e onde o medo tolhe tudo e todos !

O estado a que chegámos e a imobilidade de sempre desde povo é sobretudo porque este é medroso e incapaz de se unir, rompendo com as densas trevas em que está envolto e tolhido por uma cultura do medo que lhe foi instilada pelo próprio sistema educativo! 

E eles, o poder reinante, sempre se governaram apenas a si próprios, em função da velha máxima do "dividir para reinar" e de uma sociedade mantida envolta num manto de medo e que não para de incutir o "medo do medo".

De facto como dizia Mia Couto, há gente que tem "medo que o medo acabe", porque quando chegar esse dia os Vasconcelos deste país serão finalmente arremessados pelas janelas, e o país talvez ainda possa conter uma réstia de esperança, de finalmente vir a ser uma democracia séria e comprometida com aqueles que deve servir e que são os legítimos detentores do poder, o povo de Portugal.

Francisco Gonçalves "in" 19Dec2013


A ignomínia de um país em que a corrupção ao nível de um Burkina Faso no envergonha a todos nós portugueses de bem, perante o mundo civilizado!
Enviar um comentário

Translate