06/01/2014

Portugueses de todos os credos - é preciso e urgente re-pensar o nosso país !

Portugueses de todos os credos e de todas as filiações partidárias, é preciso e urgente re-pensar o nosso país e em nossa consciência reflectirmos os tempos graves que vivemos .

Somos realmente um povo de cidadãos bem mandados e obedientes, sem qualquer capacidade de nos libertarmos das amarras culturais de que nos impregnaram ao longo de gerações.

Precisamos tomar a noção desta dimensão, para que nos possamos todos nós cidadãos deste país, libertar destas amarras e possamos em liberdade dizer BASTA! a este sistema politico de poder abominável que nos explora, nos diminui como seres humanos, nos arrasta mesmo na lama, nos torna fisica e mentalmente mais pobres e miseráveis e nos condena ao imobilismo, a uma morte lenta e a uma vida sem significado. 
É necessário que resgatemos primeiro a nossa liberdade individual e a nossa capacidade de pensar por nós próprios, para depois podermos em consciência libertar o país deste poder absurdo, em que a própria constituição que consagra os nossos direitos e liberdades não está sequer a ser respeitada minimamente!

Nós somos portugueses e obreiros de uma nação e os detentores únicos do poder de organização e evolução da nação Portuguesa. Tal como consagra a nossa constituição que passo a citar :

"Artigo 3.º Soberania e legalidade
1. A soberania, una e indivisível, reside no povo, que a exerce segundo as formas previstas na Constituição.
2. O Estado subordina-se à Constituição e funda-se na legalidade democrática......(...)."

Mas mais ainda e diz o Artº 108, isto e só isto :

"Artigo 108.ºTitularidade e exercício do poder

O poder político pertence ao povo e é exercido nos termos da Constituição.".

Então que em primeiro lugar resgatemos o poder e o entreguemos ao povo, que então saberá como aquele poderá vir a ser exercido de forma democrática e para o bem do povo unicamente, e não como o actual poder absurdo que é exercido contra o povo e em nome do povo, de forma criminosa e no mais completo desrespeito pela Constituição Portuguesa, que se constitui como a lei de base da nação Portuguesa.

Viva Portugal!

Francisco Goncalves in 09April2012
Enviar um comentário

Translate