03/01/2014

"UM POVO IGNORANTE É O O INSTRUMENTO CEGO DA SUA PRÓPRIA DESTRUIÇÃO"


A democracia em Portugal foi há muito sequestrada e é hoje propriedade de um grupo de indivíduos bem instalados na sociedade e partidocracia (ou plutocracia) vigente. E estes bem andam a pregar há quase 40 anos que a democracia consiste simplesmente em ir votar de 4 em 4 anos, e apenas isso.

Por isso nunca ensinaram, e menos o permitiram, nas escolas o que é de facto ser cidadão livre e viver em democracia, e o que isso implica de facto. Ser cidadão-escravo não é uma condição na actualidade, mas sim uma forma perversa de exercer o poder abjecto sobre um povo mantido sempre na ignorância!

Para avivar a memória do que é de facto viver numa democracia e qual a filosofia da liberdade e o que isso deveria implicar para cada cidadão honesto, aqui deixo uma sugestão - A filosofia da liberdade.
O oposto de tudo isto, pela ausência mais completa de uma educação para a cidadania, a indisponibilidade para formar cidadãos dotados de pensamento crítico e o ostracismo a que foi votada a possibilidade de intervenção dos cidadãos na vida pública, contribuiu decisivamente para o estado a que chegámos - um país condenado a ter um povo idiota, que assim deambulando por entre as trevas, tudo permite aos poderes ilegítimos que destroem a nação e degradam a sociedade portuguesa, actualmente a navegar em águas turvas e revoltas de um terceiro mundo sem fim.

"O segredo da liberdade está em educar as pessoas, enquanto que o segredo da tirania é em mantê-los ignorantes. " [Robespierre]

Francisco Gonçalves "in" 03Jan2014

Enviar um comentário

Translate